Setor de Afecções do Pé e Tornozelo do Adulto

AS ORIENTAÇÕES AQUI APRESENTADAS DESTINAM-SE AOS PACIENTES E SEUS FAMILIARES. FOI ESCRITA EM LINGUAGEM LEIGA,
EVITANDO-SE TERMOS TÉCNICOS. EMBORA NOSSA INTENÇÃO SEJA CONTRIBUIR COM INFORMAÇÕES GERAIS, ELAS NÃO SUBSTITUEM
AS ORIENTAÇÕES DADAS PELO SEU MÉDICO, QUE CONHECE OS DETALHES DO SEU PROBLEMA E PODERÁ, DE FATO, REALIZAR
ORIENTAÇÃO EFETIVA E PARTICULARIZADA.

Olho-de-peixe

O popular olho de peixe, cientificamente conhecido como verruca plantaris, é uma condição que, geralmente, o próprio paciente faz o diagnóstico. Trata-se de uma calosidade muito dolorosa na planta do pé, geralmente com um pequeno círculo central, de onde vem seu nome popular. O que chama a atenção nesta pequena lesão é a extrema dor que causa e a dificuldade de tratamento. Na verdade o olho-de-peixe é uma verruga que por se localizar na planta do pé, com o peso do corpo, cresce para dentro e, como todas as outras verrugas, é causado por um vírus (HPV – Papiloma vírus) e pode se espalhar para outras regiões.
O tratamento deve ser realizado pelo dermatologista com soluções líticas, aplicação de laser, etc. Somente em alguns casos está indicado o tratamento ortopédico. Algumas pessoas tem grande sensibilidade ao vírus, daí a grande dificuldade de tratar e a tendência para a lesão espalhar-se ou voltar.